Ananda - Dalila Lyrics




Eu nunca esperei nada
Sou do tipo malvada
Com cara de santa pra tu não perceber que eu sou safada
Eu nunca esperei nada
Sou do tipo malvada
Com cara de santa pra tu não perceber que eu sou

Mulher nova, alma velha, gosto da luxúria
Sangue quente, tu não vai querer ver minha fúria
Dona de um jogo de cintura sensacional
Já vi invejosa olhando pra mim, fazendo: Uau
Nós é maluca mas nós sabe o que faz
Com meia dúzia de contato correndo atrás
Nem vem tentar a sorte, aqui não tem trouxa
Muito prazer, pode me chamar de dona da porra toda

Tu fala: Ai, garota
Eu vou cheia de maldade
Tu pira na minha boca, sabe que eu sou covarde
Não perco pra ninguém, ligada em quem é quem
Quando solta o CLAP, se eu chamar tu vem, vem, vem
Se eu chamar tu vem, vem, vem

[?]

Se eu chamar tu vem, vem, vem

Eu nunca esperei nada





Other Lyrics by Artist

Rand Lyrics

Ananda Dalila Comments